A Fazenda

Alberto Byington nasceu em Elmira, NY e naturalizou-se brasileiro em 1921. Em 1893, frequentou a Feira Mundial de Chicago, pavilhão de eletricidade, sendo contratado para trabalhar na Argentina, preferiu instalar-se no Brasil. Em 1901 casou-se com Pérola McIntyre, descendente de imigrantes da Guerra Civil, e desenvolveu energia elétrica em diversas cidades de São Paulo.

Sua aquisição de quatro glebas que compõem a Fazenda Itahyê se deu entre os anos de 1923 e 1945. A princípio, seu propósito era o de fornecimento de lenha para a fábrica da Mooca e, em seguida, o de produção de leite tipo A.

A Granja Itahyê (como era chamada na época), fundada em 1935, operou até a virada da década de 1950 para 1960. Era considerada uma fazenda modelo, não somente por ter sido o primeiro projeto de ordenha mecanizada, como também por causa do trabalho assistencial de educação e saúde desenvolvido pelos fundadores junto aos seus funcionários.

Na década de 1980, o perímetro da propriedade sofreu algumas modificações – a partir de diversas desapropriações e vendas, dentre as quais se destacam as áreas destinadas: ao residencial Tamboré; à SABESP (gleba Botoni/Fazenda Itahyê); ao túnel do Rodoanel Mário Covas; entre outras. Consolidaram-se no entorno os bairros Cidade de São Pedro e Colinas da Anhanguera.

Com uma imensa área verde, represas e arquitetura histórica, a fazenda é um lugar que tem sido cada vez mais procurado para ensaios fotográficos, casamentos, aniversários, lançamentos de produtos e filmagens.

Venha fazer o seu evento conosco. Consulte-nos.

Conheça mais sobre Grupo Itahyê e seus projetos.

http://www.itahye.com.br/

http://www.itahyeurbanismo.com.br

http://www.itahyeorganicos.com.br

Adriano Escanhuela
Solange Spitzer
Adriano Escanhuela
Adriano Escanhuela
Adriano Escanhuela
Adriano Escanhuela
Solange Spitzer
Solange Spitzer